Unhas, by Lívia Pereira

Mais um texto fantástico de minha amiga Lívia

Unhas

Roí minhas unhas ao vê-lo voltar
Roí sem saber onde/como te olhar
Cantar cantei
Cantou o cantar
Mas cantei tuas unhas a me arranhar

Costas e corpo
ao vê-lo aqui
Encostas do copo
que teima insistir

Retorna ao teu mundo
Me tira daqui
Retorna ou me entrego
e te forço a fugir…

Lívia Pereira.

Anúncios

Se puder ser solidário e realizar uma boa ação, compartilhe aqui. :-)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s